Sugestões de Leitura na Área da Psicopedagogia

Sugestões de Leitura na Área da Psicopedagogia
SUGESTÕES DE BIBLIOGRAFIA NA ÁREA DE PSICOPEDAGOGIA
FONTE: ABPp ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOPEDAGOGIA

O documento que segue foi elaborado pela ABPp, com vias a organizar
informações e conhecimentos produzidos na área da Psicopedagogia, como um guia norteador de caráter abrangente, mas nunca como referência única a respeito do assunto. Também não deve ser considerado como fonte obrigatória de referência, uma vez que pode deixar de contemplar outras tendências e trabalhos significativos da área.
Segue uma ementa, conteúdos e bibliografia que servem como base para a
compreensão sobre o que versa a Psicopedagogia como área de conhecimento e de prática voltada para os processos de aprendizagem e as dificuldades deles decorrentes.

EMENTA:

A Psicopedagogia é uma área de conhecimento e pesquisa na atuação interdisciplinar, voltada para os processos de ensino-aprendizagem, que integra o diagnóstico e a intervenção em situações que envolvam esses processos no plano individual, grupal e institucional. Considera a análise do contexto em que se desenvolve o processo de aprendizagem; a leitura dos problemas que emergem da e na interação social voltada para o sujeito que aprende; busca compreender os fatores que intervêm nos problemas, discriminando o particular e o geral, o específico e o universal, na busca de alternativas de ação para uma mudança significativa nas posturas frente ao ensinar e ao aprender. Organiza-se como área teórico-metodológica própria, a partir de várias áreas do conhecimento da Educação e da Saúde naquilo que se aplica à compreensão dos processos, analisando-os e respeitando o Código de Ética da Psicopedagogia, garantindo uma postura socialmente comprometida com a realidade brasileira.

CONTEÚDOS:

1. Especificidade e Conceituação da Psicopedagogia:

1.1. Psicopedagogia como área de atuação, de conhecimento e de pesquisa.
1.2. Objeto de estudo e âmbito de atuação da Psicopedagogia.
1.3. Bases teóricas e organização interdisciplinar.
1.4. Fundamentos da prática: diferentes abordagens, diferentes estilos do ensinar e do aprender.
1.5. Ética do trabalho psicopedagógico.

2. Psicopedagogia e Áreas do Conhecimento:

2.1. Desenvolvimento cognitivo e processos de pensamento lógico-matemático.
2.2. Desenvolvimento emocional e afetivo e implicações na aprendizagem.
2.3. Desenvolvimento da linguagem e aquisição da leitura e da escrita.
2.4. Desenvolvimento psicomotor e implicações na aprendizagem.
2.5. Aprendizagem: diferentes conceitos e suas articulações com Áreas da Educação e da Saúde.
2.6. A Etiologia dos problemas de Aprendizagem.

3. Psicopedagogia e Contextos de Aprendizagem:

3.1. Psicopedagogia e contexto familiar; estudos sobre família e educação; modalidades de aprendizagem na família; família e problemas de aprendizagem.
3.2. Educação e Aprendizagem; política educacional e sistemas de ensino; legislação educacional; inclusão; cultura, sociedade e ideologia; pensamento contemporâneo.
3.3. Psicopedagogia e contexto institucional educacional; relações de poder e saber na escola; dinâmica institucional e estilos de ensinar.
3.4. Psicopedagogia em outros contextos: nas empresas e nos hospitais.
3.5. A Clínica Psicopedagógica como contexto de aprendizagem.

4. Diagnóstico e Intervenção Psicopedagógica:

4.1. Fundamentos do diagnóstico psicopedagógico nos vários contextos.
4.2. Fundamentos da intervenção psicopedagógica nos vários contextos.
4.3. Instrumentos de avaliação: da linguagem (escrita, oral, simbólica); dos processos lógico-matemáticos; do desenvolvimento psicomotor; do desenvolvimento afetivo, cognitivo e emocional em seu vínculo com o aprender.
4.4. Avaliação dos aspectos dinâmicos e psicossociais de grupos e instituições em seus vínculos com o aprender.
4.5. Integração entre diagnóstico e intervenção.

5. Pesquisa em Psicopedagogia:

5.1. Metodologia da pesquisa em Psicopedagogia.
5.2. Projetos de pesquisa e projetos de prestação de serviço.
5.3. Pesquisa para o desenvolvimento de recursos e instrumentos próprios de trabalho.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA:

- Especificidade e Conceituação da Psicopedagogia:

BOSSA, Nádia Ap. A Psicopedagogia no Brasil: contribuições a partir da prática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.
CÓDIGO DE ÉTICA da ABPp. Conselho Nacional do Biênio 91/92, revisão Biênio 95/96, São Paulo, julho de 1996.
MASINI, Elcie F. S. O Ato de Aprender. I Ciclo de Estudos de Psicopedagogia Mackenzie. São Paulo, Ed.Mackenzie/Memnon, 1999.
____________. Aprendizagem Totalizante. São Paulo: Memnon/Mackenzie, 1999.
MASINI, Elcie F. S. (Org.) Psicopedagogia na Escola – buscando condições para a aprendizagem significativa. São Paulo: Unimarco/Loyola, 1993.
MASINI, E. F. S. e SHIRAHIGE, E. E. (Orgs.) Condições para Aprender: III Ciclo de Estudos de Psicopedagogia Mackenzie. São Paulo: Vetor Editora, 2003.
MENDES, Monica H. Psicopedagogia: uma identidade em construção. São Paulo, Universidade São Marcos, 1998. (Dissertação de Mestrado em Psicologia).
NOFFS, Neide A; FABRÍCO, Nívea de C.; SOUZA, Vânia de C. B. A Psicopedagogia em direção ao espaço transdisciplinar. São Paulo: Frôntis Editorial, 2000.
RUBINSTEIN, Edith (Org.). Psicopedagogia uma prática, diferentes estilos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1999.
RUBINSTEIN,Edith. O estilo de aprendizagem e a queixa escolar: entre o saber e o conhecer. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.
SARGO, Claudete et alli (Org.). A Práxis Psicopedagógica Brasileira. São Paulo: ABPp, 1994.
SCOZ, Beatriz J. L. et alli (Org.). Psicopedagogia: o caráter interdisciplinar na formação e atuação profissional. 1a reimpressão. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.
_____________. Psicopedagogia: contextualização, formação e atuação profissional. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.
SILVA, Maria Cecília A . Psicopedagogia: em busca de uma fundamentação teórica. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1998.

- Psicopedagogia e Áreas do Conhecimento:

ANDRADE, Maria Lúcia de Araújo. Distúrbios Psicomotores: uma visão crítica. São Paulo: EPU, 1984.
AJURIAGUERRA, J., Manual de Psiquiatria Infantil. Atheneu Editora , 1991.
BARRY, J. Wadsworth. Inteligência e Afetividade da Criança na Teoria de Piaget. São Paulo: Pioneira, 1993.
COLL, César e outros (Orgs). Desenvolvimento Psicológico e Educação: Psicologia da Educação (Vol. 2). Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.
CONDEMARIN, M. . Oficina da Linguagem. São Paulo: Editora Moderna, 1995.
-------------------------- . Escrita Formal e Criativa. Porto Alegre: Artes Médicas, 1987.
COSTA, Maria Luiza A . da . Piaget e a Intervenção Psicopedagógica. São Paulo: Olho D’Água, 1997.
DE LA TAILLE, Yves e outros . Teorias Psicogenéticas em Discussão: Piaget, Vygotsky e Wallon. São Paulo: Summus Editorial, 1992.
DE LA TAILLE. Limites: três dimensões educacionais. São Paulo: Editora Ática,2001.
FONSECA, Vitor . Educação Especial: Programa de Estimulação Precoce – Uma Introdução às idéias de Feuerstein. São Paulo: Artes Médicas, 1995.
GARDNER, Howard, Estruturas da Mente- A Teoria das Inteligências Múltiplas. Porto Alegre: Artes Médicas,1994.
GOLDSTEIN, Sam, Goldstein, M. . Hiperatividade Como desenvolver a capacidade de atenção da criança. São Paulo: Papirus Editora, 1994.
GOULART, Iris B. (Org.). A Educação na Perspectiva Construtivista: reflexões de uma equipe interdisciplinar. Petrópolis, R. J.: Vozes, 1998.
Lanhes, MARIA E., Nico, M., A.. Nem Sempre é o que parece: como enfrentar a dislexia e os fracassos escolares. São Paulo: Editora Alegro, 2002.
MACEDO, Lino de . Ensaios Construtivistas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1994.
MONTOYA, Adrian O. D. Piaget e a Criança Favelada: epistemologia genética, diagnóstico e soluções. Petrópolis, R. J.:Vozes, 1996.
PIAGET, Jean .Problemas de Epistemologia Genética. (tradução de Célia E. A . Di Piero). In: Piaget/Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978,, p. 211-271.
____________. A Construção do Real na Criança. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.
PIAGET, Jean e INHELDER, Bärbel . A Psicologia da Criança. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1968.
SANTOS, M., T., M., ( org.) .Distúrbios de Leitura e Escrita – Teoria e Prática. São Paulo: Manole, 2002
SISTO, Firmino F. et alli (Org). Atuação Psicopedagógica e Aprendizagem Escolar. Petrópolis, R. J.: Ed. Vozes, 1996.
TOPCZEWSKI, Abram. Hiperatividade como lidar? São Paulo: Casa do Psicólogo, 2001.
VYGOTSKY, Lev S. A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 1998..
____________. A Construção do Pensamento e da Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
WEISZ, Telma . O Diálogo Entre o Ensino e a Aprendizagem. São Paulo: Ática, 1999.

- Psicopedagogia e Contextos de Aprendizagem:

BARBOSA, Laura M. S. A Psicopedagogia no Âmbito da Instituição Escolar. Curitiba: Ed. Expoente, 2001.
BRASIL (MEC). Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, nº9394/96, Brasília, !996.
_____________. Parâmetros Curriculares Nacionais, Introdução de 1ª a 4ª e de 5ª a 8ª séries, Brasília, 1998.
BUTELMAN, Ida (Org.) Pensando as Instituições: teorias e práticas em educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.
FAGALI, Eloisa Q. (Org.). Múltiplas Faces do Aprender – Novos Paradigmas da Modernidade. São Paulo: Editoras Unidas, 2001.
FERREIRO, Emilia. Reflexões Sobre Alfabetização. São Paulo: Cortez Editora, 1986.
GASPARIAN, Maria Cecília. A Psicopedagogia Institucional Sistêmica. São Paulo: Lemos, 1997.
MERIEU, F. A Pedagogia entre o dizer e o fazer. Porto Alegre: Armed, 2002
MRECH,L. Psicanálise e Educação: Novos Operadores de Leitura. São Paulo: Pioneira, 1999
NOFFS, Neide A. Psicopedagogo na Rede de Ensino. A trajetória institucional de seus atores-autores. São Paulo: Elevação, 2003.
RALLO, Rose, M, P. A magia dos jogos na alfabetização. Porto Alegre, Kuarup, 1996
PERRENOUD, Philippe. A Pedagogia na Escola das Diferenças. Porto Alegre: Artmed Editora,2001.
------------------------------- Pedagogia Diferenciada – das intenções à ação. Porto Alegre: Artmed Editora, 2000.
------------------------------- Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed Editora,2000.
SCOZ, Beatriz J. L. Psicopedagogia e Realidade Escolar. 9ª ed., Petrópolis, R.J.,:Vozes, 2001.
________________. (Por) Uma Educação com Alma. 2ª ed., Petrópolis, R.J.,:Vozes, 2001.
SCOZ, B. J. L.; FELDMAN, C.; GASPARIAN, M. C. C. e outras (Orgs.). Psicopedagogia: um portal para a inserção social. Petrópolis, R J.,:Vozes/São Paulo, ABPp, 2003.
SCOZ, B. J. L.; FELDMAN, C.; GASPARIAN, M. C. C. e outras (Orgs.). Psicopedagogia: contribuições para a educação moderna. . Petrópolis, R J.,:Vozes/São Paulo, ABPp, 2004.
SENGE, Peter. Escolas que Aprendem: um guia da Quinta Disciplina para educadores, pais e todos que se interessam por educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 2005.

- Diagnóstico e Intervenção Psicopedagógica:

ALESSANDRINI, Cristina D.. Tramas criadoras na construção do ser si mesmo. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1999.
_______________. Oficina Criativa e Psicopedagogia São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002.
ASSIS, Orly Z. M. de . Provas para Diagnóstico do Conhecimento Operatório. Projeto Formação de Recursos Humanos para a Educação Pré-escolar – PROEPRE. Campinas, S. P.: Unicamp, 1983.
BARONE, Leda M. C. E Ler o Desejo ao Desejo de Ler. Uma leitura do olhar psicopedagógico. Petrópolis, R. J.,: Vozes, 1993.
BOSSA, Nádia Ap. Fracasso Escolar: um olhar psicopedagógico. Porto Alegre: ArtMed, 2002.
FERNÁNDEZ, Alicia. A Inteligência Aprisionada. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.
____________. O Saber em Jogo. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.
GILLIG, J.M O conto na psicopedagogia. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999
MONEREO, Carles e SOLÉ, Isabel (e Col.). O Assessoramento Psicopedagógico – uma perspectiva profissional e construtivista. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.
MAJOR, SUZANNE, Crianças com dificuldades de aprendizado: Jogos e Atividades. (trad. Ebe Aparecida Affonso Santos). São Paulo: Manole , 1990.
OLIVEIRA, Vera B. e BOSSA, Nádia A Avaliação Psicopedagógica da Criança de Zero a Seis Anos. 2ª ed., Petrópolis: Vozes, 1994.
_____________. Avaliação Psicopedagógica da Criança de Sete a Onze Anos. 5ª ed., Petrópolis: Vozes, 1996.
_____________. Avaliação Psicopedagógica do Adolescente. Petrópolis: Vozes, 1998.
PAIN,Sara. Diagnóstico e Tratamento dos Problemas de Aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1985.
___________. Subjetividade e Objetividade. São Paulo: CEVEC, 1996.
___________. A Função da Ignorância. (Trad. Maria Elísia Villiatti Flores) Ed. ver. e atual. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.
PARENTE, S. Encontros com Sara Pain. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2000
SILVER, Rawley:/Padronização brasileira: Cristina Dias Alessandrini, José Luciano M. Duarte, Margarida A . Dupas, Marisa Pires F. Bianco. SDT – Teste do Desenho de Silver: cognição e emoção. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996.
VISCA, Jorge. Tecnicas Proyectivas . 3ª ed. Buenos Aires, 1997.
WEISS, Maria Lúcia L. Psicopedagogia Clínica: uma visão diagnóstica. 2ª ed. ver. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

- Pesquisa em Psicopedagogia:

CADERNOS DE PSICOPEDAGOGIA, da editora Memnon. (4 números publicados).
COLEÇÃO TEMAS DE PSICOPEDAGOGIA, da Editora Memnon. (7 volumes).
CONSTRUÇÃO PSICOPEDAGÓGICA. Departamento de Psicopedagogia do Instituto Sedes Sapientiae, São Paulo.
REVISTA PSICOPEDAGOGIA. Órgão Oficial de Divulgação da Associação Brasileira de Psicopedagogia – ABPp, São Paulo. (indexada no Lilacs).
SCOZ, Beatriz J. L. et alli (Org.) . Psicopedagogia: avanços teóricos e práticos – escola, família, aprendizagem. I CONGRESSO LATINO AMERICANO DE PSICOPEDAGOGIA, IX ENCONTRO BRASILEIRO DE PSICOPEDAGOGOS. São Paulo, Vetor, 2000.
ANAIS DO VI SIMPÓSIO DE DISTÚRBIOS DE APRENDIZAGEM., julho de 2002, Futuro Congressos e Eventos, São Paulo.

Psicopedagogia Empresarial

Blau, Regina Maria Romeu. Ressignificando uma prática diagnóstico-intervenção no contexto empresarial. Re-leitura sob o enfoque psicopedagógico. Monografia em Psicopedagogia .PUC. 2003 (*)
Byington, C.A Pedagogia Simbólica: a construção amorosa do conhecimento de ser. Rio de Janeiro: Record: Rosa dos Tempos, 1996.
Damasi Domenico. O futuro do trabalho: fadiga e ódio na sociedade pós-industrial.Edit José Olympio R.J. 1999
De Paula Bom Sucesso,E.(org) Relações interpessoais e qualidade de vida no trabalho.Qualitymark. R. J. 2002
Fagali, E. Q.Estudos e pesquisas. Cadernos Integração. (*).
Fagali E. Q Del Rio de Vale. Psicopedagogia Institucional aplicada a sala de aula Vozes 1980
....................... Mùltiplas faces do aprender. Unidas. 2001
Franco, Simon. Criando o proprio futuro: o mercado de trabalho na era da competitividade total. Atica S. P. 1997
Glina D. M.R (org). Saúde mental no trabalho: desafios e soluções.Editora VK S.P. 2000
Harman, W., Hormann,J. O trabalho criativo; o papel construtivo dos negócios numa sociedade em transformação. Cultrix. S. P.2005 (*)
Hillman, J. Tipos de poder: um guia para o uso inteligente do poder nos negócios. São Paulo: Cultura Editores Associados: Axis Mundi, 2001.(*)
Jung C.G. O homem e seus símbolos. Guanabara.
Mariotti,H. Organizações de aprendizagem. Atlas.(*)
Morin E. Método 3, o conhecimento do conhecimento. Sulinas. P.A. 2000
Morin, Edgar. Os sete saberes necessários para a educação do futuro. São Paulo: Cortez; Brasília, DF
UNEESCO, 2001
Pereira, M. J. L. B.P.. Na Cova dos Leões – O Consultor como Facilitador do Processo Decisório Empresarial. São Paulo: Makron Books, 1999.(*)
Laszlo, E. Macrotransição: o desafio para o terceiro milênio.AXIS mUNDIs.p. 2001
Pereira , Silva Brinton. O complexo do bode expiatório Cultrix.
Petraglia, izabel cristina. olhar sobre o olhar que olha: complexidade, holística e educação. rio de janeiro: Vozes.2001.
Quiroga A. P. Enfoque e perspectiva em Psicologia social Edições cinco.
Rivière, Pichon, O processo grupal. Martins Fontes. S.P. 1988
Vega,AlfredoPena, Almeida,C, Petraglia, I. Edgar Morin: ética, cultura e educação. Cortez Editora. S. Paulo2001 (*)
Zacharias, J.J. M. Tipos psicológicos Junguianos e escolha profissinal. S.P. Vetor 1995

PSICOPEDAGOGIA HOSPITALAR
MATOS, Elizete Lúcia Moreira e MUGGIATI Margarida M. Teixeira de Freitas PEDAGOGIA HOSPITALAR, Ed. Champagnat, Curitiba, 2001. AJURIAGUERRA e MARCELLI - PSICOPATOLOGIA INFANTIL - Artes Médicas Porto Alegre 1990 .BUSETTI, Gemma Rocco et. al. SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA, Ed. Fundação Petrópolis série Temas Transversais - vol. 3, São Paulo 1998.

CAMPOS, Teresinha Calil Padis, PSICOLOGIA HOSPITALAR: a atuação do psicólogo em hospitais - EPU São Paulo, 1995 DETHLEFSEN, T e DAHLKE Rudiger A DOENÇA COMO CAMINHO - Ed. Cultrix São Paulo 1983. DOLTO, Françoise PSICANÁLISE E PEDIATRIA, Ed. Guanabara Koogan SA Rio de Janeiro. FREIRE, João Batista, DE CORPO E ALMA - O DISCURSO DA MOTRICIDADE - Summus Editorial

O LÚDICO NA PSICOPEDAGOGIA

BRENELLI, R. P. (2001) - Espaço lúdico e diagnóstico em dificuldades de aprendizagem: Contribuição do jogo de Regras. In: Sisto F. F. et al, Dificuldades de Aprendizagem no Contexto Psicopedagógico. Petrópolis, RJ.
BRENELLI, R. P. (1998) - Uma proposta Psicopedagógica com Jogo de Regras. In: Atuação Psicopedagógica e Aprendizagem Escolar, Sisto et al., Editora Vozes – Petrópolis, RJ.
BRENELLI R.B. (1996) -O jogo como espaço para pensar – A construção de noções lógicas e aritméticas. Papirus Editora, Campinas, SP.
CHATEAU, J. (1954) – O Jogo e a Criança. Summus Editorial, São Paulo, SP. 1987.
MACEDO, L.; PETTY, A.L.S.; PASSOS, N. C. (2000) - Aprender com jogos e situações-problema. Artmed – Porto Alegre, RS.
MACEDO, L., PETTY, A. L.S. e PASSOS, N.C. (1997) - Quatro Cores, Senha e Dominó; oficinas de jogos em uma perspectiva construtivista e psicopedagógica. Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda. São Paulo. SP
Algumas teses e dissertações da UNICAMP podem ser lidas on line e para tanto basta que você acesse o site http://lipdigi.unicamp.br

2 comentários:

  1. Por favor, gostaria de saber se você tem alguns modelos de EFES, Anamnese, EOCA e Contrato para iniciar atendimento de avaliação /encaminhamento. Infelizmente fiz meu curso à distância que não me orientou nesse sentido. A sua ajuda é de fundamental importância para que eu possa de alguma forma abençoar vidas nessa área (de forma voluntária). Deus continue abençoando vc. desde já agradeço o seu apoio. Meu e-mail é dressafm@hotmail.com . meu nome é Andressa.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que a psicopedagogia em nossos dias teria que ser mais valorizada, por exemplo colocando o psicopedagogo em todas escolas para atuarem em conjunto com o educador, assim teríamos um ensino de qualidade e evitaria muitos problemas que vem surgindo no dia a dia, como a violência escolar.

    ResponderExcluir

SEU OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE